Classificação do eléctrodos segundo as normas 

 

 
AWS(Estados Unidos) DIN(Alemanha) NP\EN(Portugal\Europeias) JIS(Japão)
Eléctrodos rútilicos e celulósicos

 

AWS   E   6013

AWS   E    6010

AWS   E  7024

DIN 1913     E 5132 RR6

DIN1913 ISO-R-635

DIN 1913  E 4332 R (C) 3

 

NP416

EN 499 E 420 RR 12

 

 

Eléctrodos de Ferro inoxidável AWS E 308-16

 AWSE309L-16    

 AWS E 410 Nio-16 

DIN 18556 E 19.9 LR  23

DIN 8556 E 23.12 LR  26

 

EN 1600  E 19 9 LR 32

 

EN 1600  E 23 12 L R 32

 

JIS D308 - 16

JIS D309L - 16

Eléctrodos à base de níquel  AWS E NICrFe-3  

AWS A5.11       E NiCrMo 5

AWS E 410 NiMo-1

DIN 1736         EL NiCr 16FeMn

DIN 8555           E 23 - UM - 250 - CKTZ

 
JIS D410 - 16 
 
Eléctrodos à base de cobre AWS E  FeCo-A1

AWS A5.6      E CuAl-2

 

 

DIN 1733   E CuAl 9

 

 

 

 

ESPECIFICAÇÕES AWS PARA ELETRODOS REVESTIDOS

 

 

        Estas especificações são numeradas de acordo com o material que se pretende classificar, conforme a TABELA ESPECIFICAÇÕES AWS PARA ELETRODOS REVESTIDO.


TABELA ESPECIFICAÇÕES AWS PARA ELETRODOS REVESTIDOS

REF. AWS

Eletrodos para:

A 5.1

Aços ao Carbono

A 5.3

Alumínio e suas ligas

A 5.4

Aços inoxidáveis

A 5.5

Aços baixa liga

A 5.6

Cobre e suas ligas

A 5.11

Níquel e suas ligas

A 5.13

Revestimento (alma sólida)

A 5.15

Ferros fundidos

A 5.21

revestimento (alma tubular com carbonetos de Tungstênio)

        Entre estas especificações as mais populares são as utilizadas para aço Carbono (AWS A 5.1), as utilizadas para aços de baixa liga (AWS A 5.5), e as utilizadas para aços inoxidáveis (AWS A 5.4).

        A primeira (AWS A 5.1), tem uma forma simples de ser interpretada que pode ser vista na figura 2 a seguir. A especificação para aços de baixa liga (AWS A 5.5) é muito semelhante a anterior, utiliza exatamente a mesma base e adiciona no fim um hífen e alguns dígitos (entre um e três podendo ser letras e números ou somente letras) que indicarão a presença e quantidade do elemento de liga adicionado no revestimento do eletrodo. Na tabela 5 são apresentados os significados dos sufixos desta norma.

 

 

 

 


Figura - Norma AWS A 5.1

TABELA SIGNIFICADO DOS SUFIXOS DA ESPECIFICAÇÃO AWS A 5.5

B2L - idem ao B2 c/ C máx. de 0,05%

Erro! Indicador não definido. A1- 0,5% Mo

B4 - 2% Cr e 0,5% Mo

C3 - 1,0% Ni, 0,35% Mo e 0,15% Cr

B1 - 0,5% Cr e 0,5% Mo

B4L - 2% Cr e 0,5% Mo c/ C max. de 0,05%

D1 - 1,5% Mn e 0,35% Mo

B2 - 1,25% Cr e 0,50% Mo


B5 - 0,5% Cr e 1,0% Mo

D2 - 1,75% Mn e 0,35% Mo

B2L - ídem ao B2 c/ C2 máx de 0,005%

C1 - 2,5% Ni

G - min. de 0,5% Ni ou 0,3 Cr ou 0,2% Mo ou 0,1% V ou 1,0% Mn

B3 - 2,25% Cr e 1% Mo

C2 - 3,5% Ni

M - especif. militar USA

        Finalizando, a interpretação da especificação de eletrodos para aços inoxidáveis (AWS A 5.4), pode ser vista na Figura - Norma AWS A 5.4.



Figura - Norma AWS A 5.4.

        Uma vez vista a forma como é feita a identificação conforme a norma mais usual, são a seguir apresentados e comentados alguns eletrodos classificados conforme especificação AWS A 5.1.

CARACTERÍSTICAS DOS PRINCIPAIS ELETRODOS PARA AÇO CARBONO

E 6010 (Na)
E 6011 (K)

        Grande penetração, solda em todas as posições, facilidade a produzir transferência metálica por spray (desde que se utilize valores de corrente adequados), escória de pequeno volume e aspecto vítreo, boas propriedades mecânicas, alto teor de umidade: E 6010 =>3 a 5% ; E 6011 => 2 a 4%, principal constituinte: celulose.

E 6012
E 6013

        Média penetração, escória viscosa e densa, o E 6012 pode ser utilizado em correntes relativamente altas já que seu revestimento possui pequenas proporções de celulose e uma grande proporção de materiais refratários, o E 6013 possui mais K que torna o arco mais estável.

E 6020

        Média a profunda penetração, transferência por spray, escória espessa e de fácil remoção, revestimento ricas em óxido de Ferro e Manganês, altas taxas de deposição e poça de fusão com metal muito fluido, o que obrigará operar nas posições plana ou filete horizontal.

E 7016

        Possui pouco ou nenhum elemento gerador de hidrogênio no arco (celulose, asbestos), são cozidos em temperaturas entre 500 a 600° C para minimizar a retenção de água pelo revestimento, por isto, são recomendados para a soldagem de aços susceptíveis à trinca a frio.

Eletrodos com pó de Ferro: E 7014, E 7018, E 7024, E 7027, E 7028, etc.

        Elevadas taxas de deposição, trabalha com elevados valores de corrente, quando o teor de pó de Ferro ultrapassa os 40% a soldagem só é recomendada na posição plana, revestimento espesso => melhor proteção e técnica de soldagem por arraste.

Algumas das aplicações em que podem ser utilizados estes eletrodos são apresentadas na tabela.

TABELA DESEMPENHO DE ALGUNS ELETRODOS EM DIFERENTES APLICAÇÕES

Aplicações

6010

6011

6013

7016

7018

7024

Aço com Enxofre alto ou sem analise química

na

na

3

10

9

5

Alta ductilidade

6

7

5

10

10

5

Alta penetração

10

9

5

7

7

4

Alta resistência ao impacto

8

8

5

10

10

9

Alta taxa deposição

4

4

5

4

6

10

Espessura fina, probabilidade de distorção

5

7

9

2

2

7

Espessura grossa, alta restrição

8

8

8

10

9

7

Facilidade remoção de escória

9

8

8

4

7

9

Filete 1G/2G alta produtividade

2

3

7

5

9

10

Filete todas posições

10

9

7

8

6

na

Pouca perda por respingos

1

2

7

6

8

9

Topo posição plana e < 6.0 mm

4

5

8

7

9

9

Topo todas pos. e < 6.0 mm

10

9

8

7

6

na

        Os valores estão correspondidos entre 10 (aplicação fortemente indicada) a 1 (aplicação não recomendada). A sigla "na" significa "não aplicável".